Notícias

27.05.18 | TRAC Comunicação

Boca Juniors faz 2 a 1 no Huracán e encerra o primeiro turno com vitória

Uma vitória do Boca Juniors sobre o Huracán, por 2 a 1, encerrou neste domingo (27) o primeiro turno da Superliga Argentina de Fútbol 2018. Agora, o campeonato do Clube de Pais faz uma pausa no próximo final de semana e volta com tudo no dia 9 de junho, com o início do segundo turno e o cruzamento entre as equipes dos grupos A e B.

O Jogo da TV deste domingo foi válido pelo Grupo A e teve a recuperação do Boca Juniors, que voltou a vencer após três derrotas seguidas. O triunfo de 2 a 1 sobre o Huracán ampliou a sequência negativa do adversário, que está há cinco jogos sem vencer e termina o turno na última posição do grupo.

Primeiro tempo

A partida começou com os dois times partindo para o ataque, alternando boas oportunidades de abrir o placar. Mas quem se deu melhor foi o Boca. Aos 12’, após um bom cruzamento de Jair, Igão matou no peito e fuzilou: 1 a 0!

Aos 15’, o goleiro Marcão, do Boca, fez sua primeira grande defesa, ao espalmar pancada de fora da área de Duda, que entraria na gaveta. A resposta do Boca foi rápida e no lance seguinte, Igão ficou frente a frente com o goleiro do Huracán, mas Dodô saiu bem e fez a defesa.

O Huracán esteve muito perto do empate aos 26’. Júnior Sonosul tocou para Serginho, que bateu firme, mas o zagueiro Nicolau salvou em cima da linha.

Aos 33’, o Boca reclamou bastante de um pênalti não marcado, quando Igão foi derrubado na área por Kloss. E dois minutos depois, Kloss fez falta em Igão e o árbitro mostrou o cartão vermelho para os dois jogadores.

Mesmo sem sua referência no ataque, o Boca seguiu pressinando. Aos 38’, Walt acertou um belo chute, que explodiu na trave. E aos 45’, Edson Toninello aproveitou uma bola mal cortada pela defesa e bateu com categoria: 2 a 0 Boca!

Segundo tempo

Atrás no placar, o Huracán partiu com tudo para cima na segunda etapa e só não chegou ao empate devido principalmente ao goleiro Marcão, que garantiu a vitória do Boca.

Mas o time do capitão Nicolau contou também com a sorte. Logo aos 4’, Alessandro Ravazzani derrubou Duda na área. O camisa 10 do Huracán foi para a cobrança do pênalti e chutou por cima do gol!

A equipe do capitão Mazur não desanimou e conseguiu colocar fogo no jogo aos 15’. Patrick recebeu na área, dominou e bateu forte, marcando um golaço e diminuindo a vantagem do adversário: 2 a 1!

O Huracán partiu então em busca do empate e quase chegou lá aos 24’. Em cobrança de escanteio, Serginho rolou para Pedrinho, que cruzou na cabeça de Gabriel Dreher, mas a finalização foi para fora.

Aos 26’, em um contra-ataque do Boca, Tuy ficou cara a cara com o goleiro, mas Dodô conseguiu fazer uma boa defesa. No rebote, Tuy bateu fraco e Dodô segurou.

Aos 27’, o goleiro Marcão salvou o Boca de sofrer o empate, com uma linda defesa em um chute de Duda. E Marcão apareceu de novo aos 29’, em um chute rasteiro de Serginho.

Mas a melhor chance do Huracán aconteceu aos 33’. Duda acertou uma ótima cobrança de falta, Marcão desviou com a ponta dos dedos e a bola acertou a trave! No rebote, Xermi finalizou livre, sem goleiro, mas a bola acertou o travessão e bateu em cima da linha!

E sem conseguir o empate, o Huracán quase tomou mais um no último lance da partida. Aos 46’, Filhão tocou para Edson, que ficou cara a cara com o goleiro Dodô, que conseguiu a defesa.

Em busca da classificação

Autor do gol do Huracán, o atacante Patrick diz que mesmo em uma situação complicada na classificação, seu time segue na briga pela classificação. “Há alguns jogos nosso time tem ficado no quase. Agora temos que nos ajustar e não adianta buscar culpados. Hoje mesmo com a derrota o time produziu bastante. Agora vamos fazer de tudo para conseguir um segundo turno excelente e tentar nos classificar”, promete.

Para o Edson Toninello, que marcou o segundo do Boca, o time ganha um novo ânimo para a sequência do campeonato. “Foi um jogo muito difícil. A gente precisava dessa vitória para ir para o segundo turno embalado. Nosso time é muito forte e tem tudo para fazer uma campanha melhor no segundo turno”, avalia.

Na próxima rodada, o Boca Juniors encara o Racing, às 10h sábado (9), no campo do Colégio Marista Paranaense. Também no sábado, às 15h30, o Huracán enfrenta o Lanús.

Resultados da sétima rodada:

Gimnásia 4 x 1 San Lorenzo
Gols: Saulo (2), Tino e Giovanni (Gimnásia)
Chupeta (San Lorenzo)

River Plate 1 x 3 Vélez Sarsfield
Gols: Barba(River)
Risada, Rayan e Polaco (Vélez)

Argentinos 1 x 7 Independiente
Gols: Du (Argentinos)
Bico, Thiago Ernani, Molinari (2), Gaska, Ritzmann e Jorginho (Independiente)

Lanús 0 x 3 Racing
Gols: Miquelissa (2) e Matheus Salvalaggio (Racing)

Banfield 1 x 2 Rosario Central
Gols: Fabrício (Banfield)
Barp e Ernani (Rosario)

Boca Juniors 2 x 1 Huracán
Gols: Igão e Edson (Boca)
Patrick (Huracán)

« Voltar para Notícias
Deixe seu Comentário