Notícias

25.09.18 | TRAC Comunicação

Capitão Risada marca três gols em empate do Vélez e é o Craque da Rodada

Um jogaço que terminou sem vencedor. Assim foi a partida que mais balançou as redes do campo do Colégio, na última rodada da Superliga Argentina de Fútbol. San Lorenzo e Vélez Sarsfield empataram em 4 a 4 no último domingo (23), resultado que acabou definitivamente com as chances de classificação da equipe do capitão Risada.

Apesar de deixar escapar uma vitória que parecia garantida, os jogadores do Vélez deixaram o campo com a certeza de terem feito uma grande partida. E entre vários destaques, nenhum foi maior que o próprio capitão. Com três gols, um deles um golaço, Risada foi eleito o Craque da Rodada do Clube de Pais. Ele faturou também um prêmio especial da Guiola Hamburgueria Gourmet.

Confira a entrevista com o Craque da Rodada:

O Vélez fez um jogaço contra o San Lorenzo. Qual a sensação ao ajudar a equipe com três gols e ainda ser escolhido o Craque da Rodada?

Realmente foi um jogaço, com dois tempos bastante distintos. Soubemos construir uma grande vantagem no primeiro tempo e eles souberam se recuperar no segundo. Desde o início, partimos para cima, com bastante movimentação por todo o campo, o que fez o time deles se perder. Mas com a vantagem na mão, acabamos recuando demais, o que os trouxe para cima e o cansaço do nosso time acabou deixando escapar a vitória. Fico muito feliz pelos gols que fiz e mais ainda pela postura do time durante o jogo. Ser o Craque da Rodada é uma grande satisfação. Entrei em campo com muita disposição, assim como todo o time.

Fale um pouco sobre a sua atuação. Como foram os gols? Qual foi o mais bonito?

Logo que o jogo começou, já fizemos uma grande jogada em que eu quase fiz o primeiro. Isso me deu ainda mais vontade e as jogadas foram aparecendo naturalmente, assim como os gols. O primeiro gol, para mim, foi o mais bonito. Fizemos uma jogada pela direita, que se não me engano, o Léo Sá cruzou para a área. Eu estava um pouco adiantado e quando me virei, percebi que a única forma de finalizar seria dando uma bicicleta. Quando acertei a bola, e percebi que tinha acertado bem nela, logo olhei para trás e vi a rede balançado. Foi uma ótima sensação. O segundo, eu estava fazendo o pivô e quando recebi o toque, o André acabou errando no bote. Eu girei e fui em direção ao gol. Quando percebi o goleiro saindo, toquei por cima dele. No terceiro, o Rayan (jogou muito) fez uma linda jogada e chutou na trave, a bola rebateu na minha direção. Eu apenas matei a bola e toquei para o gol. Pena que acabei me lesionando logo após o terceiro gol e tive que sair.

O Vélez vai se despedir do campeonato daqui duas partidas. Como foi ser capitão e jogar por essa equipe na Superliga Argentina de Fútbol?

Ser capitão do Velez está sendo um grande prazer. Infelizmente não nos classificamos para as finais, mas aprendi muito com esse grupo, repleto de grandes pessoas. Como ganhamos o Torneio Apertura e já ficamos com a vaga da Libertadores garantida, acabamos relaxando na sequência!! (risos)

Gostaria de dedicar o prêmio de Craque da Rodada a alguém?

Quero dedicar esse prêmio a todo esse time que mesmo nas dificuldades, sabe provar a sua grande qualidade dentro e fora de campo. Também quero dedicar ao meu filho Léo, que sempre está ali, me dando muita força!!

 

« Voltar para Notícias
Deixe seu Comentário