Notícias

09.06.16 | TRAC Comunicação

Coluna do Di

Salve salve amigos do Clube de Pais.

Ano passado fiz uma coluna tentando analisar os times, apontando suas fortalezas, pontos a desenvolver e inclusive dando pitacos na classificação final do campeonato.

Apesar dos 87,5% de acertos muita gente ficou brava comigo. Mas o piro foi a gana dos times que falei que eram mais fracos quando jogavam contra o saudoso Houston Comedys.

Então dessa vez não falarei dos times …. vou falar dos jogadores! (agora sim tô perdido…).

Sempre digo nos meus times que não tenho que querer fazer um campeonato melhor que o Pisca, Polaco, MM, etc, tenho que ter a motivação de ajudar meu time fazendo um campeonato melhor que os outros 11 caras do meu grupo de escolha.

Pensando nisso tentei fazer uma análise geral dos destaques de cada Grupo.

<Grupo 1>

Rodrigo Ferreira foi passando, passando e o Zé Hidalgo deu a sorte de poder pegá-lo na 11ª posição. E ele já mostrou, com gols e participação coletiva, que será um dos principais jogadores do ano.

Leléco, em seu primeiro campeonato desde o início, vem mostrando o que todos esperavam … muita preguiça e um enorme poder de decisão. Não se enganem se ele der uma “apagada” no decorrer do ano, nas finais ele tem tudo pra ser altamente decisivo.

Falar que o Chupeta é goleador e bate falta como poucos (pouquíssimos) é básico, mas me chamou a atenção a forma como ele tem participado coletivamente do jogo tornando-se ainda mais importante para a equipe.

<Grupo 2>

Matheus Singer está repetindo o ótimo desempenho do ano passado e deve ficar nas cabeças na artilharia.

Pasinato parece que está cada vez mais a vontade na categoria peso galo e está jogando um bolão, dando assistências e fazendo gols.

Cléverson não sentiu a estreia e tem justificado sua escolha na 3ª posição. Espero, e principalmente o Mazur espera, que a contusão na última partida não o tire de muitos jogos.

Jaque ainda está longe do seu melhor mas sua evolução é nítida. Em um dos jogos fez o tal do revezamento de faltas que os comentaristas de arbitragem tanto falam. Mas nesse caso quem fazia as faltas era sempre ele … os que revezavam eram as vítimas. Essa volta gradativa da confiança pra pegar na marcação e construir as jogadas me faz acreditar que SE o Lille ressuscitar ele ainda poderá ser decisivo nas fases finais.

<Grupo 3>

Chico Bório tem sido um gigante no meio campo e ainda tem apoiado bem o ataque do Olympique, mostrando ainda mais recursos que o (bom) zagueiro-zagueiro dos tempos de Real Madrid.

JPX tem calado aqueles que criticam “injustamente” seu peso e tem mostrado que é um excelente parceiro para um atacante de velocidade, deixando seus companheiros de time pifadinhos para fazer os gols e anotando os seus como sempre.

Joma vem mostrando além de toda sua força física e disposição uma tranquilidade inesperada na frente dos goleiros, tendo anotado tentos em três jogos seguidos.

<Grupo 4>

Olha … tentei viu…

Na minha visão esses são caras que podem e devem ser bastante decisivos e todos os times contam muito com eles…

Alguns ainda não tive a chance de ver jogar, mas dos demais confesso que esperava mais.

<Grupo 5>

André Gaudêncio tem jogado com firmeza e precisão, além de passar tranquilidade e incentivar seus parceiros de defesa.

<Grupo 6>

Jair vem ostentando vigor físico na lateral direita conseguindo não apenas defender, mas também ser opção para a saída de jogo.

<Grupo 7>

Rossi vem mostrando uma evolução muito legal e inclusive já anotou seu primeiro, e belo, gol no campeonato.

<Grupo 8>

Kiko tem mostrado uma qualidade na saída de bola acima das expectativas. Assim que seu time engrenar no campeonato ele deve subir ainda mais de produção.

<Grupo 9>

Mario José nunca pareceu tão feliz em campo. Também pudera, a cada chegada sua (ele nem gosta) o capitão Jr Polaco delira em apoio: “É isso ai Mario! Temos que fazer falta mesmo! ”

Se o Lille está uma draga, e realmente está, não se pode dizer que a culpa é do recheio do time. Exemplo disso é Lucas Minoro que vem cumprindo muito bem seu papel. Não parece haver dúvidas que as estrelas do time que estão devendo tanto no ataque (pior do campeonato) quanto na defesa (disparada a pior do campeonato).

<Grupo 10>

Diego Maziel tem tido papel de destaque no meio campo do Angers, dando equilíbrio ao setor e possibilitando inclusive que o Dioguinho possa jogar com mais liberdade e encostar nos homens de frente. Essa dinâmica tem sido decisiva para o bom desempenho do time.

Trevisan está com o pé mais calibrado que nunca. Já são três gols de falta e mais duas bolas que explodiram nas traves adversárias. Essa pode ser uma arma importante para um time que tem tido dificuldade de converter em gols as oportunidades que cria.

<Grupo 11>

Aqui é covardia destacar alguém já que Doriva é um dos grandes expoentes do Clube e nesse grupo de grande experiência e vivência dentro das quatro linhas ele é um dos mais velhos sábios de todos. Verdade que jogar em um time que está bem arrumado facilita sua vida mas ele tem aproveitado isso pra desfilar todo seu futebol.

<Grupo 12>

Talvez no grupo mais heterogêneo em termos de idade dois dos mais experientes tem se destacado. Claudimir e Willmington mostram quem tem muito a ensinar para a gurizada.

<Grupo 13>

Fabiano tem cumprido muito bem seu papel na rotação no ataque do Olympique tornando-se uma importante alternativa para o decorrer do ano.

Na contagem “Marcio Matador X Resto do Grupo” a briga está sendo acirrada. São 5 gols do homi contra 5 dos demais. Se Vini e Jorginho estivessem ajudando um pouquinho mais …

Roberto Singer tem aproveitado a temporada não apenas para jogar ao lado do seu filho, mas sim para formar uma bela dupla de ataque, atuando em grande sintonia e anotando 4 gols nesse início de campeonato.

<Grupo 14>

Depois de uma longa ausência Cari retorna aos nossos gramados apresentando a qualidade que já era conhecida aliada a uma disposição e entrega surpreendentes.

Não sei o que o Craque fez, mas que ele acordou o Thiago Ernani acordou. Thiago tem sido mais ativo e sobretudo decisivo que nunca. Já marcou 7 gols até agora e está inclusive à frente do seu capitão na tábua de artilharia.

<Grupo 15>

Em um grupo forte de zagueiros Falavinha tem se destacado pela regularidade e poucas falhas.

<Grupo 16>

Ninguém pode dizer que um jogo com o Marcinho Tiriça é monótono. Ele movimenta-se por todos os lados enxuriçando (existe isso?) as defesas, mexe com a torcida, com os adversários, com o juiz … e tem agregado muito ao time. Depois da lavação de roupa suja do Lorient na última semana a expectativa do capitão é que ele aumente ainda mais sua produção.

<Grupo 17>

Assunça parece ter voltado a velha forma do 3ªº de 1.998 comandando a volância do Bourdeaux e dando liberdade para que o seu forte ataque possa produzir suas jogadas de gol.

E pra não arranjar mais briga não vou dizer quais times que eu acho que não se classificarão entre os 8. Aprendi que isso gera muito desconforto e caras feias…

Vou só afirmar que acredito que Nice, Olympique, Toulouse, Bordeaux, Angers, PSG, Saint-Étienne e Lyon estarão nas quartas.

ps: registro para o excelente trabalho de todos envolvidos na Cantina do Guerreiro. Estão de parabéns.

Abraço a todos.

Digiovani

« Voltar para Notícias
Deixe seu Comentário