Notícias

19.06.16 | TRAC Comunicação

Jogadores destacaram eficiência do Bordeaux como fator determinante para a vitória no Jogo da TV

O Jogo da TV deste final de semana foi bastante disputado. Tanto o Angers quanto o Bordeaux buscavam os três pontos para sair do “bolo” e se aproximar da ponta da tabela. Dentro de campo, muita luta por parte de ambas as equipes, mas quem conseguiu mesmo o objetivo foi o Bordeaux.

“Foi um jogo muito pegado hoje, o gramado não estava em excelente estado, as duas equipes com bastante vontade e prevaleceu a equipe que errou menos”, destacou Rodrigo Ferreira, atacante do Bordeaux, que foi responsável por abrir o placar.

“Nosso time soube usar meu gol para trabalhar bem a bola, se posicionar bem dentro de campo e fazer o restante dos gols”, avaliou Rodrigo.

Para Mauro Homer, que saiu do litoral para atuar no Jogo da TV, o time teve que ter atenção redobrada na segunda etapa. “Houve um empenho meu, que vim de Guaratuba para jogar. A responsabilidade aumentou quando o Rodrigo machucou, o time já deixou o primeiro tempo ganhando por 2 a 0 e tivemos que nos desdobrar para manter”, falou.

Os jogadores do Angers seguiram a mesma linha, destacando que o adversário foi mais eficaz nas chances que criaram. “O time deles foi bem, tiveram uma eficiência maior do que a nossa. Nosso time batalhou o mesmo tanto que eles, tivemos raça o tempo inteiro, jogamos para frente. Mas eles tiveram mérito de colocar a bola na rede”, disse Pedro Rossi.

Jair foi outro que lamentou as chances perdidas pelo Angers. “Eu acho que o Bordeaux fez um primeiro tempo melhor que o nosso, encaixaram bem e as bolas deles entraram. No segundo tempo, tivemos mais domínio de jogo, fomos melhores, mas a bola não quis entrar. Em um contra-ataque, eles mataram o jogo”, finalizou o lateral do Angers.

« Voltar para Notícias
Deixe seu Comentário