Notícias

09.11.17 | TRAC Comunicação

Novorizontino e Inter de Limeira prometem mais emoção no jogo de volta

Após um duelo emocionante na primeira partida das quartas de final do Caipirão Paulista 2017, Novorizontino e Inter de Limeira estão preparados para repetir a dose na partida de volta. A Inter está na frente, após uma vitória de 4 a 3, mas o Tigre vai embalado pelo poder de reação demonstrado e precisa de uma vitória simples para seguir na briga pelo título. O jogo será às 13h30 deste sábado (11), no Campo 1 do CT Barcelos (Geraldinho).

Dono do melhor ataque do campeonato do Clube de Pais, o Novorizontino foi surpreendido na primeira partida por um início arrasador da Inter. Por duas vezes, o time de Limeira chegou a abrir três gols de vantagem no placar. Mas nos últimos minutos o Tigre conseguiu marcar duas vezes, reduzindo ao mínimo a vantagem do adversário.

Segundo o capitão Duda, o Novorizontino vai buscar o embalo para reverter o placar. “O começo avassalador da Inter surpreendeu e o resultado do primeiro jogo foi ruim. Estivemos praticamente fora da disputa até os 41’ do segundo tempo, porém os dois gols no final deram novo ânimo para o time. E agora vamos pra cima, só a vitória interessa!”, afirma.

Segundo o comandante do Tigre, é hora de mostrar a força do ataque que marcou 73 gols em 23 jogos na primeira fase do Caipirão. “Será um jogo muito interessante, porque vamos buscar o ataque desde o primeiro minuto, e isso dará campo para os contra-ataques da Inter. Sabemos do risco, mas a equipe está determinada a sair de campo com a classificação”, ressalta.

O capitão da Inter de Limeira admite a frustração da equipe por não ter conseguido manter uma vantagem maior. “Estivemos muito perto de deixar a classificação encaminhada, então acabou ficando uma satisfação pela metade. Fica a lição sobre ter atenção total durante os 90 minutos. Não podemos deixar o resultado anterior nos tornar covardes”, avalia Dizinho.

O comandante alvinegro diz que espera novidades no posicionamento do adversário. “O Duda é um grande estrategista. Não me surpreenderia se ele mudasse o próprio posicionamento e fosse atuar ajudando a zaga já que não poderá contar com o Mauri e os outros zagueiros não inspiram muita confiança. A vantagem é nossa e esperamos aumentar a margem com gols, até porque contamos com o retorno do Dizinho aos gramados”, diz.

« Voltar para Notícias
Deixe seu Comentário