Notícias

23.09.18 | TRAC Comunicação

River derrota o Estudiantes no Jogo da TV e fica mais perto da classificação

O River Plate deu um passo fundamental para a classificação na Superliga Argentina de Fútbol 2018. Na tarde do último sábado (22), o time do capitão Maranhão derrotou o Estudiantes por 2 a 1, no Jogo da TV da 19ª rodada. O resultado mantém o River na quarta posição do Grupo A, em uma disputa acirrada com o Boca Juniors pela vaga no mata-mata.

Agora, faltam apenas três rodadas para o final da primeira fase do campeonato do Clube de Pais. A briga pelas últimas vagas na fase decisiva e pelas melhores posições na tabela continua em aberto. Na próxima rodada, o River enfrenta o San Lorenzo, às 13h30 de sábado (29) e torce pelo Estudiantes, que encara o Boca, às 10h30 de domingo (30).

Primeiro tempo

O jogo começou com o River Plate partindo com tudo para o ataque. Logo aos 9’, Trotta teve a primeira boa oportunidade. O primeiro gol saiu aos 16’, quando, após boa jogada entre Barba e Claudinho, Galvão aproveitou o cruzamento vindo da direita e mandou para a rede: River 1 a 0!

O time “millonario” seguiu pressionando e conseguiu ampliar o placar aos 20’. Trotta acertou um belo lançamento para Galvão, que deu um toque tirando do goleiro e colocando no cantinho. Golaço do River e 2 a 0 no placar!

O Estudiantes tentou reagir, mas só conseguia ameaçar o adversário nas perigosas cobranças de falta de Pisca. O River, com dois gols de vantagem, passou a levar perigo nos contra-ataques. E Wagner quase marcou mais um aos 42’.

Segundo tempo

Com o objetivo de garantir o primeiro lugar no Grupo A, o Estudiantes não tinha alternativa se não atacar em busca do empate. Aos 3’, Di deixou Pisca na cara do gol em uma cobrança de falta, mas o artilheiro mandou para fora.

Mas Pisca não perdoou sua segunda oportunidade. Aos 13’, ele recebeu na entrada da área, tirou do goleiro André e guardou: 2 a 1!

Porém, a forte marcação do River não permitiu a reação. E nos contra-ataques, foi o time “millonario” que esteve próximo de marcar mais um. Aos 23’, o zagueiro Rodolfo conseguiu cortar no último instante e impediu o gol de Wagner. Aos 37’, Cico tocou para Galvão, que bateu para fora. E aos 44’, João Maranhão cruzou e Galvão cabeceou por cima.

Disputa clássica

Após o apito final, o artilheiro Galvão, autor dos dois gols do River, comemorou bastante o resultado. “Foi o nosso jogo da redenção. A gente se juntou no vestiário, sabia que era um jogo importante para a classificação. A briga está bonita entre River e Boca. Temos jogos difíceis pela frente, mas o time está unido e encaixado. Vamos tentar garantir a classificação o quanto antes para não deixar para o último jogo”, disse.

O atacante Ossamu, do Estudiantes, elogiou a atuação do adversário e disse que seu time segue na briga para garantir o primeiro lugar geral. “A gente sabia que ia ser um jogo muito difícil. No primeiro turno o River foi o único time que a gente não conseguiu vencer. Tentamos ir pra cima, tentamos de todas as formas. O time deles é muito forte e com certeza vai conseguir a classificação. Estamos brigando pelo primeiro lugar e vamos para cima dos adversários”, ressaltou.

Resultados da 19ª rodada:

Racing 2×0 Rosario
Gols: Portelinha (2) (Racing)

Gimnasia 0×2 Boca Juniors
Gols: Igão e Murilo

Banfield 3×4 Argentinos
Gols: João Paulo (3) (Banfield)
Du (3) e Guilherme (Argentinos)

Estudiantes 1×2 River Plate
Gols: Pisca (Estudiantes)
Fábio Galvão (2) (River)

San Lorenzo 4×4 Vélez
Gols: Kadu e Chupeta (3) (San Lorenzo)
Risada (3) e Rayan (Vélez)

Independiente 2×1 Newell’s
Gols: Gaska e Molinari (Independiente)
Levi (Newell’s)

« Voltar para Notícias
Deixe seu Comentário